Tumor Odontogênico Adenomatoide

Aspecto clínico revelando lesão expansiva.

Imagem radiográfica exibindo associação com dente incluso e limites bem definidos.

Observar macroscopicamente a presença de cápsula bem definida (seta) envolvendo o tumor, contendo diversas estruturas novelares. Estas imagens foram cedidas pelo Prof. Wagner Henriques de Castro.

Tumor odontogênico adenomatóide localizado entre dois dentes. Notar a presença de pontos radiopacos discretos no interior do tumor.

O tumor odontogênico adenomatoide é um tumor benigno de histogênese incerta, cuja lesão ocorre principalmente na região de caninos superiores, afetando mais os pacientes da segunda década de vida. Ainda que alguns autores defendam a ideia de que a lesão apresente natureza hamartomatosa, não existe consenso a respeito disso. Radiograficamente, nota-se a presença de imagem radiolúcida bem delimitada, podendo exibir (ou não) pontos mineralizados. Enquanto algumas lesões estão associadas a dentes inclusos (ver figura), assemelhando-se a imagem radiográfica do cisto dentígero, outras não apresentam qualquer relação com dentes. Notadamente, há casos em que o tumor pode estar localizado entre dois dentes (ver figura) ou sobreposto a região periapical, análogo ao cisto radicular. O crescimento lento e o encapsulamento da lesão (ver figura) explicam a baixa recidiva e justificam o tratamento cirúrgico conservador.

Histopatologia

 

Leitura Complementar:

1- Reichart P, Philipsen H. Odontogenic Tumors and Allied Lesions. Quintessence Publishing: London, 2004.