Tumor Melanótico Neuroectodérmico da Infânciatumor melanótico neuroectodérmico da infânciatumor melanótico neuroectodérmico da infância


Aspecto clínico e radiográfico demonstrando lesão tumoral expansiva. Estas imagens foram cedidas pelo Prof. Wagner Henriques de Castro


O tumor melanótico neuroectodérmico da infância é uma neoplasia rara que afeta pacientes geralmente no primeiro ano de vida e que tem como possível origem as células da crista neural. Esta hipótese é reforçada pela presença de ácido vanilil mandélico na urina. Este tumor acomete primordialmente a maxila, apesar de eventuais relatos de sua ocorrência na mandíbula ou no crânio. De modo geral, se trata de uma lesão assintomática, caracterizada pela presença de tumefação. A mucosa que recobre o tumor pode revelar a presença de áreas azuladas ou negras em virtude da produção de melanina pelas células neoplásicas. O tratamento é a excisão cirúrgica com curetagem da cavidade e recidivas são ocasionalmente observadas.

Histopatologia 

 

Leitura Complementar:

1- Rustagi A, Roychoudbury A, Karak AS. Melanotic Neuroectodermal Tumor of Infancy fo the Maxilla: A case report with review of literature. J Oral Maxillofac Surg 2011;69:1120-1124.