Mácula Melanótica

A mácula melanótica é uma alteração pigmentada plana, bem circunscrita, de coloração marrom ou negra, de etiologia desconhecida ou reacional. As lesões aparecem geralmente na porção anterior da cavidade oral, em especial na mucosa do lábio inferior, gengiva, palato ou mucosa jugal. A maior incidência da lesão ocorre na fase adulta, principalmente em pacientes da quarta ou quinta décadas de vida. Embora esta alteração não apresente potencial de transformação maligna, quando não é possível alcançar o diagnóstico com base nos dados clínicos, realiza-se a biópsia.

mácula melanótica

mácula melanótica

Figuras A e B: Imagem clínica de mácula melanótica ne gengiva e mucosa labial.
 

Microscopia

O exame microscópico da mácula melanótica revela presença de melanócitos sem alterações na sua distribuição e número, exibindo produção aumentada de melanina. Eventualmente,  esta melanina é encontrada no interior de macrófagos presentes na lâmina própria superficial.

histopatologia da mácula melanótica

Figura C: imagem microscópica exibindo deposição de melanina na região da camada basal do revestimento epitelial.
 
 
Leitura complementar:
 
1- Buchner A, Merrel PW, Carpenter WM. Relative frequency of solitary melanocytic lesions of the oral mucosa. J Oral Pathol Med 2004;33:550-557.