Linfangioma

Os linfangiomas são proliferações hamartomatosas benignas dos vasos linfáticos com predileção pela região da cabeça e do pescoço, na qual se observa três tipos: linfangioma simples, formado por pequenos vasos capilares de paredes delgadas; linfangioma cavernoso, formado por vasos linfáticos dilatados e maiores; e o higroma cístico, que apresenta grandes espaços linfáticos e macroscópicos, podendo se estender a região cervical. Na mucosa oral, as lesões localizam-se, principalmente, no dorso lingual de pacientes jovens. Clinicamente, notam-se inúmeras vesículas fluidas, com aparência finamente papular e coloração semelhante à da mucosa bucal ou arroxeada, em razão de hemorragia por trauma. Em algumas situações, devido a sua extensão, a remoção cirúrgica completa da lesão se torna difícil, porquanto, alguns autores sugerem o uso do agente esclerosante OK-432. Nestas lesões, os vasos não exibem proliferação endotelial ativa, portanto a opção pelo acompanhamento do paciente deve ser considerada.

linfangioma

Figura A: Aspecto clínico do linfangioma no dordo de língua, exibindo superfície papilar.
 

Microscopia

Histologiamente, o linfangioma demonstra espaços vasculares dilatados, de tamanhos variados, revestidos por células endoteliais achatadas, contendo material proteináceo no seu interior. Os vasos parecem dissecar a lâmina própria superficial que dá sustentabilidade ao epitélio de revestimento, levando a sua atrofia. No higroma cístico, a lesão apresenta tendência de crescimento ao longo dos planos teciduais, feixes vásculonervosos, músculo e glândula salivar.
 

Figuras B e C: Aspecto microscópio em menor e maior aumento mostrando espaços vasculares aumentados, revestidos por células endoteliais achatadas. Observar em menor aumento o conteúdo proteináceo no interior dos vasos.

 

Leitura complementar:

1- Odell EW, Morgan PR. Biopsy Patholgy of the Oral Tissues. Chapman:London, 1998

Os linfangiomas são proliferações hamartomatosas benignas dos vasos linfáticos com predileção pela região da cabeça e do pescoço, na qual se observa três tipos: linfangioma simples, formado por pequenos vasos capilares de paredes delgadas; linfangioma cavernoso, formado por vasos linfáticos dilatados e maiores; e o higroma cístico, que apresenta grandes espaços linfáticos e macroscópicos, podendo se estender a região cervical. Na mucosa oral, as lesões localizam-se, principalmente, no dorso lingual de pacientes jovens. Clinicamente, notam-se inúmeras vesículas fluidas, com aparência finamente papular e coloração semelhante à da mucosa bucal ou arroxeada, em razão de hemorragia por trauma. Em algumas situações, devido a sua extensão, a remoção cirúrgica completa da lesão se torna difícil, porquanto, alguns autores sugerem o uso do agente esclerosante OK-432. Nestas lesões, os vasos não exibem proliferação endotelial ativa, portanto a opção pelo acompanhamento do paciente deve ser considerada.

Histopatologia