Leucoplasia

leucoplasia


Leucoplasia é um termo utilizado para definir as lesões que se apresentam como uma placa predominantemente branca, com risco de transformação maligna. Seu diagnóstico é feito após a exclusão de outras alterações patológicas, como líquen plano, candidíase, reação liquenoide etc. Para isso, faz-se necessária a realização da biópsia da lesão, visando excluir a possibilidade de carcinoma de células escamosas. A leucoplasia ocorre principalmente em fumantes adultos, sendo classificada como homogênea e não homogênea. Enquanto a primeira apresenta placas uniformemente brancas, planas e finas, na variante não homogênea observam-se áreas eritematosas, salpicadas, nodulares ou verrucosas. A leucoplasia verrucosa proliferativa é um subtipo caracterizado pela presença de lesões múltiplas, resistentes ao tratamento e com elevado índice de transformação maligna. Embora não haja marcadores que evidenciem quais lesões sofrerão esta transformação, ou quando isto ocorrerá, a presença de displasia e do aspecto clínico não homogêneo são os principais fatores relacionados à malignização das lesões. O real impacto da remoção cirúrgica da leucoplasia sobre a prevenção do carcinoma de boca não foi estabelecido ainda, mas, resultados conflitantes são encontrados na literatura. A remoção da lesão faz-se necessária para a exclusão desse diagnóstico. Além disso, o carcinoma pode se desenvolver em áreas sem a presença prévia de uma leucoplasia. Alterações genéticas e epigenéticas diversas são encontradas na lesão e podem se estender para a mucosa clinicamente "normal" adjacente à mesma.

Veja também o texto sobre:

Perda de heterozigosidade e leucoplasias

Veja o artigo sobre o tratamento cirúrgico das leucoplasias

 

Leitura complementar:

1- Jeong W, Paik JH, Cho S, Sung M, Kim KH, Ahn S. Excisional biopsy for management of lateral tongue leukoplakia. J Oral Pathol 2012;41;384-388. (Veja no blog comentário sobre esse artigo)

2- Van der Wall I. Potentially malignant disorders of the oral and oropharyngeal mucosa; present concepts of management. Oral Oncology 2010;46:423-425. 

3-Yang S, Tsai C, Lee Y, Chen T. Treatmet Outcome of Dysplastic Oral Leukoplakia with Carbon Dioxide Laser-Emphasis on the Factors Affecting Recurrence. J Oral Maxillofac Surg 2011;69:e78-87. (Veja no Blog o comentário sobre esse artigo)